Palestrante: seu site vende mesmo suas palestras?

Artigo_Palestrante: seu site vende mesmo suas palestras?

Neste artigo vamos procurar responder as dúvidas de muitos palestrantes que entram em contato conosco querendo saber mais sobre a criação de um site que realmente vende palestras, que agrada aos contratantes.

Se você ainda não possui o seu website onde apresenta um pouco mais sobre o seu trabalho então saiba que é algo essencial para a carreira de qualquer palestrante ou coach, realmente um item obrigatório nos dias de hoje.

O seu website é um dos investimentos iniciais a serem feitos, mas que depois se paga muitas e muitas vezes. Você não precisa gastar muito para ter um site profissional, mas é essencial apresentar da maneira correta suas palestras, sem distrações.

Como contratantes avaliam o site do palestrante?

Toda a vez que um evento está sendo organizado, empresas e órgãos governamentais avaliam a contratação de palestrante através do site deste profissional.
Pense por exemplo na análise de um Curriculum por uma empresa: quanto tempo você acha que cada CV recebe de atenção? Para um palestrante é o mesmo princípio, mas ao invés de a empresa olhar o CV ela olha o site do palestrante como primeiro item.
Se o contratante gostar do site, ele pesquisará mais sobre o trabalho, procurando referências adicionais, mas o site com a mensagem certa é sem dúvidas o primeiro passo em que você precisa “acertar”.

Como se destacar logo de início e surpreender contratantes

A primeira coisa que você precisa ter claro é que seu site precisa ser bem planejado e ter um objetivo específico. Não se trata de um super folder, ou um cartão de visitas glorificado, mas sim uma ferramenta de vendas de seu trabalho.
Antes de nos adentrarmos mais nas características do site em si, vamos falar sobre que tipo de sistema de sites utilizar uma vez que existem vários métodos de criação.
O site precisa ser SEU e ser entendido como um instrumento de trabalho. A grande maioria dos palestrantes cria o site em WordPress pois é simples de mexer e colocar os próprios artigos, seguro e fácil de incluir itens como email marketing, chat, formulários de contato e até mesmo uma loja virtual sem custos adicionais. Aliado a isto, existe o baixo custo de hospedagem.

Evite ao máximo criar seu site em plataformas de sites padronizados, como por exemplo WIX, uma vez que depois de criado o site é da plataforma e não seu, existem limitações de funcionalidades e altos custos de hospedagem. Se desejar mais informações sobre as limitações de plataformas como WIX veja aqui

Artigo Seu Site Vende

Voltando a falar sobre o site, ele deve logo de início:

1. demonstrar que você é uma autoridade
2. passar rapidamente o foco de sua palestra
3. apresentar melhor as suas ideias depois de o contratante ter entendido primeiro do que se trata o seu trabalho
4. Facilidade de entrar em contato com você
5. Vender produtos adicionais seus, como livros, treinamentos e apresentar mais palestras suas

O primeiro e o segundo item de nossa lista devem constar já na primeira tela que o contratante observa ao abrir seu site.

O ideal é inserir uma boa imagem sua já no slideshow (sequencia de imagens ou banner que consta logo abaixo do menu do site). Esta imagem e possível deve ser de você dando uma palestra, ou em pose profissional.

Quanto mais você conseguir antecipar na mente do contratante o resultado que poderá atingir, melhor.

Ao lado de sua imagem, como se fosse uma citação, insira uma frase que simbolize a sua mensagem, o foco de sua palestra.

Por exemplo, se o foco de sua palestra é vendas, então a frase ao lado de sua imagem poderia ser “A mensagem certa, do jeito certo, tem o potencial de dobrar as vendas de qualquer empresa”

Então veja que até aqui temos:

O contratante acabou de chegar em seu site e logo de início vê uma imagem sua que transmite conhecimento e autoridade, ao mesmo tempo tem já uma clara mensagem sobre o que a sua palestra irá tratar.

Se o contratante está buscando um bom palestrante de vendas, ele provavelmente pensará: “Como esta pessoa pretende dobrar as vendas de minha empresa? Quem é ela?”

Aqui a importância do terceiro item de nossa lista, ou seja, apresentar melhor as ideias dos contratantes.

A estratégia mais vitoriosa é colocar um vídeo ou link para um texto logo abaixo do banner inicial, em que você fala melhor sobre a palestra (máximo 3 minutos), ou se for um texto apenas alguns parágrafos.

O objetivo do vídeo ou do texto deve ser um só: fazer com que o contratante se sinta convencido a solicitar a sua proposta, o que nos leva ao item 4. Ter um botão de contato fácil, ou um menu superior simples e elegante, é essencial.

Artigo - Seu site vende mesmo suas palestras

A importância de um bom formulário de contato

O formulário de contato deve ser aproveitado para capturar dados adicionais do contratante, por exemplo não esqueça de pedir o telefone nos itens obrigatórios. Nome, email e telefone, além claro de espaço para mensagem.

Os melhores palestrantes não respondem ao email do contratante com o simples envio da proposta, mas eles telefonam e pedem detalhes adicionais sobre o evento a ser realizado, buscam já criar um relacionamento.

Faz sentido para você?

Quando o contratante passa a lhe conhecer fica muito mais fácil de vender a sua palestra e, posteriormente, oferecer treinamentos adicionais. Por exemplo, aquela primeira palestra de vendas pode acabar se tornando um dia de treinamento que você vende para auxiliar na formação dos colaboradores da empresa.

(Este texto é de autoria da CPmarketing, agência especializada na criação de sites para quem trabalha com Coaching e Palestras. Informações adicionais podem ser obtidas aqui)